11/11/2012

Pós-graduação em Estudos Wesleyanos


Pós-graduação em Estudos Wesleyanos

Universidade METODISTA DE SÃO PAULO (umesp)
UNIVERSIDADE METODISTA DE PIRACICABA (UNIMEP)
Eixo: Teologia e História.
Ênfase: Epistemologia do pensamento teológico.
Bolsista da Faculdade de Teologia.
Ano de Conclusão: 2006.


TEMA DA PESQUISA: A importância da criação para o método teológico Quadrilátero Wesleyano: subsídios para uma eco-teologia da salvação.
Orientador: Prof. Dr. Helmut Renders (Fateo/UMESP) 
RESUMO: O trabalho reflete criticamente sobre a criação como fundamento epistemológico da teologia cristã, em especial no contexto da tradição protestante e metodista. Para tanto, analisa a formação histórica do método teológico apregoado pelo metodismo na segunda metade do século XX, considerando as críticas feitas pelos teólogos brasileiros, acerca da teologia da criação. Num segundo momento, estuda as dinâmicas socioculturais presentes na relação entre o pensamento moderno e a “teologia da criação”, e reconhece a emergência do paradigma ecológico. Num terceiro momento, a pesquisa é aprofundada e concluída com a análise do pensamento do teólogo inglês João Wesley (século XVIII), a partir dos seguintes questionamentos: como se daria a revelação de Deus por meio da natureza? Quais as implicações ecológicas da santificação? E, como a compreensão escatológica possui implicações para a teologia da criação? O trabalho revelou a necessidade da teologia contemporânea superar o antropocentrismo, a fragmentação do conhecimento e a secularização da criação, no intuito de oferecer melhor fundamento para a espiritualidade e para a prática cristã, diante das urgentes demandas sociais e ecológicas que afligem o mundo na atualidade.

Este trabalho de conclusão de curso foi revisado para publicação em forma de livro, com o título "Modernidade, Teologia e Criação: a dimensão ecológica da salvação no pensamento de John Wesley."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pesquisar este blog