Curso de Oratória - Turma 2

Curso de Oratória - Turma 2
CLIQUE NA IMAGEM e faça sua pré-inscrição!

3/13/2019

O PAPEL DO ESTADO CONFORME A BÍBLIA (Ensaio)



TEXTO: Êxodo 22:22-24.
“A nenhuma viúva nem órfão afligireis. Se de algum modo os afligirdes, e eles clamarem a mim, eu lhes ouvirei o clamor; a minha ira se acenderá, e vos matarei à espada; vossas mulheres ficarão viúvas, e vossos filhos, órfãos.”

Qual a função do Estado?
Responder esta pergunta é crucial para o atual momento de nosso Brasil.


Para alguns, o papel do Estado (GOVERNO) é somente garantir a ORDEM, a segurança, as fronteiras nacionais, criar INFRAESTRUTURA com estradas, portos, visando o fluxo de produtos e pessoas. A ORDEM também se faz reprimindo duramente as pessoas que "questionam", que fazem manifestações, protestando contra injustiças sociais e econômicas. Para eles, o Estado não nunca deve interferir na economia, nem nas relações de empregadores e empregados. Tão pouco deve ocupar-se dos direitos universais (naturais), que garantem a dignidade humana (de todos os humanos do país).

Como a Bíblia trata deste assunto. Êxodo 22, 22-24 apresenta princípios para organização pública do povo de Deus, no Antigo Testamento, que estava aprendendo a ser povo "livre", nação. Olha que interessante, a LIBERDADE da escravidão do EGITO trouxe a RESPONSABILIDADE de cuidar dos "pequeninos". O "órfão e a viúva" devem ser compreendidos aqui como uma "categoria" de pessoas, que não tem a quem recorrer; que dependem do auxílio de outrem. Portanto, na Bíblia, que deveria ser base ética para os cristãos, o GOVERNO deve preocupar-se em evitar os abusos, as injustiças mais gritantes, pois Deus se importa com estas pessoas de modo especial.

Neste sentido, o modelo de "Estado de Bem Estar Social", que é também "democrático", que garante nossas "liberdades individuais", que permite a economia "capitalista", me parece o mais indicado. Neste modelo de Gestão Pública, o GOVERNO deve garantir direitos, evitar a exploração da mão-de-obra, dar dignidade aos idosos e inválidos, que são jogados fora pelo mercado de trabalho. A partir desta reflexão BÍBLICA, considero IMORAL reformas do nosso sistema PREVIDENCIÁRIO, que não contemplem estes princípios.

Existem coisas que que podem até ser "legais", votadas e promulgadas, mas são IMORAIS, pois violam princípios básicos da dignidade humana e da própria vontade de Deus para nossa sociedade.
Poderia citar outros textos bíblicos, mas acredito ser o bastante. Quem tem ouvidos, ouça.

Gidalti Guedes da Silva

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Minha foto
Goianésia, GO, Brazil
Teólogo, Pedagogo, Especialista em Teologia e História Metodista, Mestre em Educação. Professor do Eixo de Humanidades na Faculdade Evangélica de Goianésia (FACEG/UniEVANGÉLICA); Palestrante; e Professor de Arte Marcial (Karatê).

Pesquisar este blog